HORIZONTES E MISTÉRIOS: A ARTE DA NAVEGAÇÃO NA ANTIGUIDADE

Desde que há memória, o homem tem sede de conhecimento; este desejo nunca calado, este impúlso a querer conhecer o que o rodeava, levou os homens em cada tempo a ampliar sempre mais os seus horizontes. Pertencem à antiguidade as grandes expedições à descoberta de novas terras e novos reinos para conquistar, expedições terrestres mas sobretudo via mar.

shutterstock_986580801

Desde a remota antiguidade, povos de corajosos navegadores lançaram-se até os limites do mundo conhecido, para satisfazer a sua sede de conhecimento e de poder. Pensamos nos habilidosos Fenicios mestres da navegação, nos misteriosos povos do mar, filhos supõe-se, da potente ilha de Poseidone destruida pelos Deuses, nos audaciosos Vikings que desafiaram os oceanos com os seus Dakar e também os Portuguêses, em particular aos corajosos Cavaleiros de Cristo que com as suas Caravelas, cortando os oceános, abriram o mundo à era moderna.
Hoje o homem explorou todas as regiões remotas da terra, escalou os picos mais altos do mundo e cortou os mares em largura e comprimento, contudo a sua sede de conhecimento não se apagou, o seu desejo de conhecer aumentou, assim embora consciente que muitos misterios permanecem por desvendar sobre a terra, o homem levantou os olhos ao céu, não como antigamente, em submissa adoração, mas com o mesmo olhar com o qual havia sondado o horizonte marino. As novas águas para navegar não são mais aquelas terrestres, mas as celestes. Os antigos navios foram substituidos por grandes naves para viajens espaciais e a navegação do universo teve início neste século.
Mas o que incita o homem a esta infinita pesquisa? O desejo, a conquista, o poder, tudo é compreensível, contudo, porquê que quando este desejo se realiza o homem não fica satisfeito? Ele sente dentro di si que há alguma coisa que lhe faz falta, algo que lhe foge, algo que não consegue ver com clareza. Porém este algo de indefinido assume especialmente em certos momentos da nossa vida um valor absoluto.

Na conferencia HORIZONTES E MISTÉRIOS: A ARTE DA NAVEGAÇÃO NA ANTIGUIDADE falaremos sobre este assunto e aprofunda-lo.

16 setembro ás 19h30 – no CLCC em Portimão (no Largo Gil Eanes, junto à estação do comboio).

19 setembro ás 19h30 – Biblioteca Municipal de Lagoa

1-Locandina-conf-set2016-web

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s